Covid-19: Marcelo Rebelo de Sousa anuncia acordo para facilitar viagens para o Brasil

O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou no Brasil que já trabalha num acordo recíproco para o reconhecimento das vacinas contra a Covid-19 que são aplicadas no território brasileiro, nomeadamente a chinesa Coronavac, as demais, AstraZeneca, Pfizer e Jansen já são reconhecidas em Portugal e na Europa.

Marcelo Rebelo de Sousa também previu que pode acabar com a quarentena obrigatória dos passageiros que viajam para Portugal com origem no Brasil. De acordo com o presidente português, os entendimentos iniciais correram bem e está aberto o caminho para rapidamente pactuar os interesses dos dois países.

As boas notícias surgiram após um encontro com representantes da Casa de Portugal, em São Paulo, adiantando que já se realizaram reuniões entre portugueses e brasileiros para a formalização de um acordo de reconhecimento das vacinas.

Carlos Vasconcelos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin