Medicamentos para hipertensão aumentam o risco de infeção grave por COVID-19

A COVID-19 atinge as pessoas de maneira diferente. Algumas pessoas apresentam sintomas extremamente intensos, enquanto outras não apresentam sintoma nenhum. Sabe-se que pessoas com hipertensão, diabetes, doenças renais e cardíacas têm maior risco de infecção grave por COVID-19. Agora, cientistas da Universidade de Waterloo descobriram que é por causa dos medicamentos que essas pessoas tomam.

Algumas pessoas são consideradas como estando no “grupo de risco” no que diz respeito aos riscos associados à infecção por COVID-19. Idosos e pessoas com doenças crónicas enquadram-se nessa categoria. No entanto, não se trata apenas de doenças que algumas pessoas têm – a medicação também pode ter um efeito negativo.

Os investigadores usaram um modelo matemático único para prever a gravidade do COVID-19 em pacientes e descobriram que os inibidores da enzima conversora da angiotensina (IECA) e os bloqueadores do receptor da angiotensina II (ARB) aumentam o risco de infecção grave. Os medicamentos IECA e ARB são usados ​​por pessoas com hipertensão, diabetes, doenças renais e cardíacas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos moçambicanos da oposição, condenam a invasão da Rússia à Ucrânia. Ambos criticam o “silêncio”…
UE sofre mais custos energéticos com sanções à Rússia

UE sofre mais custos energéticos com sanções à Rússia

A Comissão Europeia assumiu nesta quarta-feira, 02 de março, que as sanções da União Europeia (UE) à Rússia vão ter “custos…
EUA querem Rússia fora do Conselho dos Direitos Humanos

EUA querem Rússia fora do Conselho dos Direitos Humanos

Os Estados Unidos da América (EUA) sugerem que a Rússia seja excluída do Conselho dos Direitos Humanos. A proposta foi…
Rússia diz que guerra na Ucrânia não afeta relações com Moçambique

Rússia diz que guerra na Ucrânia não afeta relações com Moçambique

O ministro conselheiro da Rússia em Moçambique, Dimitri Sorokin, garantiu que a guerra na Ucrânia não afeta as relações de…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin