África Subsaariana | Especial COVID-19 | Magrebe

OMS: 18% das mortes de Covid-19 na África relacionadas ao diabetes

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que mais de 18% das mortes por coronavírus na África ocorreram entre pacientes com diabetes.

De acordo com uma análise a 14 nações africanas que forneceram informações sobre Covid-19 e comorbidades, as pessoas com mais de 60 anos de idade enfrentam maiores riscos de complicações ou morte por Covid-19.

“Muitas pessoas não sabem se têm diabetes. Pessoas com essa condição crónica sofrem um golpe duplo se também estiverem infetadas com Covid-19”, disse Matshidiso Moeti, diretor regional da OMS para a África. “Devemos reverter isso investindo na deteção precoce, prevenção e tratamento do diabetes.”

Segundo a OMS, “a região africana também está a assistir um aumento nos fatores de risco da diabetes, como a obesidade. Um estilo de vida cada vez mais sedentário e o consumo de alimentos ricos em açúcar, gorduras e sal estão a aumentar a obesidade, variando de 2,5% dos adultos no Burundi a 26,9% nas Seychelles. ”

“Não devemos perder de vista outros desafios de saúde ao combater o Covid-19. O Dia Mundial da Diabetes é um ponto chave para chamar a atenção para esta doença crónica, que ameaça cada vez mais a vida dos africanos ”, disse Moeti.

O relatório foi divulgado um dia antes do Dia Mundial da Diabetes, que é comemorado anualmente a 14 de novembro.

A África registou mais de 1,9 milhão de casos de Covid-19, 45.000 mortes e mais de 1,6 milhões de recuperações, segundo a OMS.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo