Especial COVID-19

OMS realiza reunião de emergência sobre novas variantes do coronavírus

OMS

Especialistas em saúde globais reuniram-se na quinta-feira para combater novas variantes do coronavírus culpadas por um novo surto de infeções, à medida que países como Grã-Bretanha e França apertaram as restrições para evitar um agravamento da pandemia.

A sessão do comité de emergência da Organização Mundial da Saúde (OMS) ocorreu enquanto uma equipa da instituição estuda as origens do vírus em Wuhan.

Quase dois milhões das mais de 91 milhões de pessoas que contraíram a doença morreram, mas os números são considerados subestimados.

“Quando vocês se encontraram pela primeira vez, quase um ano atrás, apenas 557 casos da doença que agora chamamos de Covid-19 tinham sido relatados à OMS”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, no seu discurso de abertura da reunião de emergência.

Grande parte do planeta está a enfrentar uma segunda ou terceira onda de infeções, com as populações sofrendo com restrições dolorosas e economicamente prejudiciais.

A variante, conhecida como E484K, foi detetada inicialmente na África do Sul e em variantes subsequentes no Brasil e no Japão, e gerou maior alarme entre os pesquisadores sobre o seu possível impacto na imunidade.

Entretanto, houve notícias melhores para aqueles que já tiveram Covid-19, com um estudo britânico sugerindo que a recuperação pode conferir imunidade por pelo menos cinco meses.

Independentemente das origens, os cientistas dizem que a vacinação em grande escala é a única saída.

Mas, embora o rápido desenvolvimento de vacinas tenha gerado esperanças, 95 por cento das doses administradas até agora foram limitadas a apenas 10 países, disse o braço europeu da OMS.

 

© e-Global Notícias em Português
2 Comentários

2 Comments

  1. Pingback: OMS realiza reunião de emergência sobre novas variantes do coronavírus - HealthGlitz

  2. Pingback: OMS realiza reunião de emergência sobre novas variantes do coronavírus - HealthBeezer

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo