Especial COVID-19

Primeiras vacinas de Covid-19 nos EUA podem ser administradas de 24 a 48 horas após a aprovação do FDA

Os profissionais de saúde e outros grupos prioritários para as primeiras inoculações de Covid-19 podem começar a ser vacinados 24 horas após a vacina receber a autorização do regulador, informou o conselheiro-chefe do programa do governo dos EUA, Operação Warp Speed, na terça-feira.

Moncef Slaoui, um ex-executivo da GlaxoSmithKline que supervisiona a parte da do programa de vacinação dos EUA, disse que espera que 20 milhões de pessoas tenham sido vacinadas até ao final deste ano.

“Em 24 horas, talvez no máximo 36 a 48 horas, a partir da aprovação, a vacina pode estar nos braços das pessoas”, declarou Slaoui num evento realizado pelo The Washington Post.

Slaoui disse que a prática de embarques – sem vacinas – foi realizada para preparar a distribuição inicial prevista para começar em meados de dezembro, assim que a Pfizer Inc. receber uma autorização de utilização de emergência da Food and Drug Administration dos EUA para a sua vacina.

A Pfizer solicitou a autorização aos EUA em 20 de novembro após publicar dados que mostraram que a vacina desenvolvida com a parceira alemã BioNTech SE foi 95 por cento eficaz na prevenção do Covid-19.

Um comité de consultores especialistas externos está programado para se reunir em 10 de dezembro para discutir os dados e fazer uma recomendação ao FDA sobre a concessão da autorização. A agência normalmente segue o conselho desses comités de especialistas.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo