Estimulação cerebral não invasiva pode aliviar tremores na doença de Parkinson

A estimulação cerebral é uma forma relativamente nova de tratar várias doenças neurológicas. Normalmente é um procedimento invasivo porque os eletrodos precisam ser implantados no cérebro. No entanto, agora os cientistas da UCL encontraram uma maneira de usar a estimulação cerebral não invasiva para aliviar os tremores normalmente encontrados em condições como a doença de Parkinson.

O tremor – contrações musculares involuntárias – é um dos sintomas de Parkinson e pode ser devastador. As contrações rítmicas nos membros podem tornar muito difícil comer, andar, vestir-se e, geralmente, cuidar de si mesmo. Os cientistas ainda não conseguem dizer qual é a causa subjacente do tremor o que torna virtualmente impossível encontrar um tratamento medicamentoso eficaz. A cirurgia cerebral às vezes ajuda, mas é muito invasiva e, portanto, indisponível em um grande número de casos devido aos riscos inerentes.

Recentemente os cientistas desenvolveram uma maneira de calcular e rastrear a fase das ondas cerebrais que aparecem quando se deteta tremores em tempo real, o que permite tratá-las com uma forma não invasiva de estimulação elétrica. Nir Grossman, um dos autores do estudo, explicou: “Os tremores são causados ​​por sincronização anormal nas áreas motoras do cérebro, mas os processos biológicos subjacentes a eles ainda não são bem compreendidos. Visando o padrão temporal da sincronização anormal do cérebro, podemos ser capazes de tratá-lo, de forma não invasiva, apesar do conhecimento limitado das causas precisas ”.

Os investigadores vão desenvolver a ideia, na esperança de criar um tratamento amplamente disponível para tremores. Ou seja, esperam que este estudo leve a algum tipo de dispositivo, relativamente acessível e que possa ser aplicado a uma ampla gama de pacientes com Parkinson.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais…
Comunidade ucraniana em Portugal angaria bens para enviar à Ucrânia

Comunidade ucraniana em Portugal angaria bens para enviar à Ucrânia

A comunidade ucraniana de Vila Real, a Norte de Portugal, está a angariar medicamentos, comida enlatada e com muita validade,…
Presidente da Ucrânia apela a soldados russos para saírem do país

Presidente da Ucrânia apela a soldados russos para saírem do país

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, apelou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, aos soldados russos para que deponham as armas e…
Revista de Imprensa Lusófona de 28 de fevereiro de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 28 de fevereiro de 2022

A “Agência Brasil” refere que “Brasileiros que saíram de Kiev chegam à Roménia”. Já “O Globo” tem em manchete o…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin