EUA: Aumento de mortes por raiva gera alerta do Centro de Controlo de Doenças

Cinco pessoas morreram de raiva nos Estados Unidos em 2021, três delas ocorreram num período de cinco semanas no outono, de acordo com um novo relatório dos Centros para Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

Estas mortes ocorreram após dois anos sem registo de casos de raiva nos Estados Unidos e é o maior número de mortes num só ano em mais de uma década, de acordo com o CDC . Os três casos, incluindo uma criança, foram todos expostos a morcegos dentro ou ao redor das suas casas entre 28 de setembro e 3 de novembro. Nenhuma das vítimas procurou profilaxia pós-exposição (PEP), uma série de vacinas vitais para a prevenção da raiva após exposição.

As mortes por raiva nos Estados Unidos são raras, normalmente com um a três casos relatados anualmente. Mas o recente aumento levou o CDC a aumentar a conscientização sobre os riscos da doença fatal. Uma vez que o número de morcegos raivosos relatados ao Sistema Nacional de Vigilância da Raiva tem sido quase o mesmo desde 2007, o recente aumento pode não ser atribuído a um aumento de morcegos raivosos, mas sim à falta de consciência sobre os riscos da raiva e a necessidade de receber PEP, de acordo com um comunicado .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: Administrador de Tete entre as vítimas mortais da tempestade Ana

Moçambique: Administrador de Tete entre as vítimas mortais da tempestade Ana

O corpo do administrador do distrito de Tete, José Maria Mandere, foi encontrado na zona de Baixa de Benga. A…
Timor-Leste: Líder do PT é primeira candidata a registar-se nas presidenciais

Timor-Leste: Líder do PT é primeira candidata a registar-se nas presidenciais

A presidente timorense do Partido Trabalhista (PT), Ângela Freitas, foi a primeira a formalizar a sua candidatura às eleições presidenciais,…
Guiné Equatorial: Governo aprova listas de 4 mil empregos públicos

Guiné Equatorial: Governo aprova listas de 4 mil empregos públicos

O Governo equato-guineense aprovou a publicação das listas dos quatro mil empregos públicos oferecidos à população. As listas foram divulgadas…
Revista de Imprensa Lusófona de 26 de janeiro de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 26 de janeiro de 2022

Em Portugal o “Observador” escreve que “João Ferreira voltou com a missão de atacar PSD (e Chega). António Filipe chama…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin