Medicina, Saúde e Alimentação | Tecnologia

Inteligência artificial pode ajudar a diagnosticar depressão e psicose

Cientistas da Universidade de Birmingham desenvolveram um método de diagnóstico baseado em Inteligência Artificial (IA) que pode identificar pacientes com sintomas psicóticos e depressivos com mais precisão.

Existem pessoas que sofrem de sintomas tanto de psicose como de depressão o que torna o diagnóstico muito difícil.
Agora, os cientistas exploraram a possibilidade de usar IA para desenvolver modelos precisos de diagnóstico de doenças que se correlacionam.

Para Paris Alexandros Lalousis, principal autor do estudo que envolveu 300 pessoas: “Há uma necessidade premente de melhores tratamentos para psicose e depressão, condições que constituem um grande desafio para a saúde mental em todo o mundo. O nosso estudo destaca a necessidade de os médicos compreenderem melhor a complexa neurobiologia dessas condições e o papel dos sintomas “comórbidos”; em particular, considerando cuidadosamente o papel que a depressão desempenha na doença ”.

Modelos baseados em IA podem ajudar a criar diagnósticos melhores e mais precisos. E o mesmo processo que foi usado para estes modelos pode ser introduzido para outras doenças também. As experiências individuais e a neurobiologia são muito importantes para um diagnóstico preciso, mas também são muito difíceis de incluir num método sistemático.

Segundo os cientistas a IA deve ajudar a resolver este problema. É provável que as abordagens baseadas em IA sejam muito comuns em diagnósticos médicos num futuro muito próximo.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo