Medicina, Saúde e Alimentação | Tecnologia

Nova app pode ajudar a monitorar a progressão de Parkinson

A doença de Parkinson é uma doença neurodegenerativa incurável, uma das causas mais comuns de demência e incapacidade nos últimos anos de vida. Agora, cientistas da UCL e Birkbeck, da Universidade de Londres, desenvolveram uma aplicação que permite monitorar a progressão dos sintomas de Parkinson em casa.

A aplicação para smartphone desenvolvida pela equipa avalia os sintomas individuais remotamente e sem nenhum equipamento especializado. Os pacientes podem fazer os testes em casa e com mais frequência, visto que não tem de se deslocar a um consultório médico.

A nova app, chamada cloudUPDRS, é certificada como um dispositivo médico de acordo com os regulamentos do Reino Unido e inclui questões de autoavaliação e testes físicos. A app aproveita os sensores de movimento e toque do smartphone, medindo sintomas como tremores e marcha.

Os cientistas testaram a tecnologia num estudo que envolveu 60 pessoas com doença de Parkinson. Os pacientes completaram 990 testes na aplicação e também foram avaliados por três médicos diferentes. O estudo mostrou que as avaliações do aplicativo correspondiam às dos médicos 70% das vezes. Isso permitiu ajustar a app para atingir a precisão de 79%. Isso está aquém do ideal, mas o objetivo também não era substituir os médicos reais. Além disso, suas leituras são mais objetivas e consistentes, não variando de médico para médico.

O professor George Roussos, que fabricou o aplicativo, refere que os “Biomarcadores digitais desenvolvidos usando tecnologias móveis e vestíveis oferecem novas oportunidades para a gestão de doenças, especialmente na Parkinson, que apresenta desafios distintos devido à sua apresentação complexa e alta variabilidade de sintomas”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo