Medicina, Saúde e Alimentação | Tecnologia

Rastreadores e apps de condicionamento físico melhoram os níveis de atividade física

Um estudo da Universidade de Sydney mostrou que as aplicações de smartphone e rastreadores de fitness realmente melhoram a atividade física das pessoas.

Existem muitas maneiras diferentes de monitorar a atividade física. A tecnologia moderna, como smartphones, smartwatches e pulseiras inteligentes, torna isso muito fácil. Estas tecnologias podem mostrar quantos passos damos por dia, a distância que percorremos ou quantas calorias queimamos. Durante o exercício, até podemos monitorar a frequência cardíaca ou outros parâmetros. No entanto, não se trata apenas de dados – há também um componente de motivação.

Esses dispositivos inteligentes podem incentivar as pessoas a moverem-se mais. Os cientistas recolheram dados sobre a contagem de passos diários, minutos por semana de atividade física moderada a vigorosa, dias semanais de exercício, minutos por semana de atividade física total, entre outros parâmetros, e verificaram se o monitoramento da atividade física realmente ajudava.

Os investigadores descobriram que aplicações inteligentes, smartwatches e pulseiras inteligentes aumentaram a atividade física dos participantes numa média de 2.000 passos por dia. E isso é uma ótima notícia, porque melhorar a atividade física está associado a benefícios para a saúde, como menor risco de doenças crónicas como doenças cardiovasculares,

Os cientistas descobriram também que os métodos de intervenção são os mais úteis – como por exemplo quando a aplicação envia uma mensagem a incentivar a pessoa a mover-se mais. Particularmente melhor é quando essas mensagens são personalizadas, mencionando o nome e apresentando algumas estatísticas.

Os investigadores relembram ainda que alguns destes rastreadores podem ser obtidos gratuitamente – algumas aplicações de atividade física não custam nada e as pessoas já têm smartphones. Melody Ding, co-autora do estudo, disse: “Dado o amplo e crescente alcance dos smartphones e rastreadores, mesmo melhorias modestas na atividade física podem levar a melhorias substanciais na saúde da população”. Os cientistas dizem que as intervenções usando esses dispositivos e aplicativos parecem ter potencial clínico.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo