Trabalho por turnos aumenta o risco de asma

Um estudo revela que trabalhadores por turnos, especialmente aqueles que trabalham em turnos noturnos permanentes, apresentam riscos aumentados de asma, especialmente asma moderada ou grave.

A pesquisa internacional liderada pela The University of Manchester e pela Manchester University NHS Foundation Trust também revelou que os trabalhadores noturnos irregulares, que se definem como pessoas matutinas, correm um risco maior de asma em comparação com os trabalhadores que se definem como noturnos e que trabalham à noite.

“Cerca de 20 por cento da força de trabalho do Reino Unido é feita por turnos, então as implicações de saúde pública destas descobertas são de longo alcance”, refere Hannah Durrington, uma das investigadoras do estudo.
Durrington acrescentou: “São necessários mais estudos para descobrir os mecanismos subjacentes, mas já sabemos que a maioria dos processos biológicos humanos são regulados por um relógio biológico para nos preparar para as atividades do dia.”
A investigadora continua “A luz e a escuridão servem como indicadores ambientais, assim como as horas das refeições e a atividade física para os nossos relógios corporais. Trabalhar à noite expõe-nos à luz forte quando normalmente estaríamos a dormir. Isso faz com que o relógio central do cérebro se adapte ao novo sinal de luz recebido.”
“No entanto, os relógios periféricos presentes nos nossos órgãos demoram mais para se alinhar ao novo sinal de luz e, portanto, ocorre ‘desalinhamento’ entre o nosso relógio central e os periféricos, algo semelhante ao ‘jet lag”

Os cientistas acreditam que o ‘desalinhamento’ pode ser responsável pelo aumento das condições inflamatórias observadas nos trabalhadores em turnos. “A nossa percepção é que o trabalho por turnos também pode impactar outras doenças respiratórias ”, conclui Durrington.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

EUA querem Rússia fora do Conselho dos Direitos Humanos

EUA querem Rússia fora do Conselho dos Direitos Humanos

Os Estados Unidos da América (EUA) sugerem que a Rússia seja excluída do Conselho dos Direitos Humanos. A proposta foi…
Rússia diz que guerra na Ucrânia não afeta relações com Moçambique

Rússia diz que guerra na Ucrânia não afeta relações com Moçambique

O ministro conselheiro da Rússia em Moçambique, Dimitri Sorokin, garantiu que a guerra na Ucrânia não afeta as relações de…
Descendente de ucranianos, empresário brasileiro lamenta o conflito e diz já sentir impacto nos negócios

Descendente de ucranianos, empresário brasileiro lamenta o conflito e diz já sentir impacto nos negócios

Igor Mazepa Baran tem 57 anos de idade e vive na cidade de Curitiba, no Brasil. É brasileiro com descendência…
Representação Central Ucraniano-Brasileira critica neutralidade do governo do Brasil diante da invasão russa

Representação Central Ucraniano-Brasileira critica neutralidade do governo do Brasil diante da invasão russa

Em declarações à nossa reportagem, Vitorio Sorotiuk, presidente da Representação Central Ucraniano-Brasileira (RCUB), disse ter apelado “oficialmente ao presidente do…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin