Prática de “banhos florestais” melhora o sistema imunitário e a sensação geral de bem-estar

A prática ancestral japonesa do ‘banho florestal’ reduz a pressão arterial, a produção da hormona do stress, impulsiona o sistema imunológico e melhora os sentimentos gerais de bem-estar, segundo dados recolhidos pela Nippon Medical School.

Os banhos florestais – conceito que consiste basicamente em estadias mais ou menos prolongadas na presença de árvores – tornaram-se parte de um programa nacional de saúde pública no Japão em 1982. A apreciação da natureza é um passatempo nacional no Japão, de modo que o banho florestal fez sucesso rapidamente.

De 2004 a 2012, uma equipa de investigadores japoneses gastou cerca de 3,5 milhões de euros a estudar os efeitos fisiológicos e psicológicos do banho florestal. Qing Li, professor da Nippon Medical School em Tóquio, mediu a atividade de células NK no sistema imunológico antes e depois da exposição às florestas. Estas células proporcionam respostas rápidas às células infetadas com vírus e respondem à formação de tumores e estão associadas à saúde do sistema imunitário e à prevenção do cancro.

Num estudo de 2009, Li mostrou os aumentos significativos na atividade das células NK na semana após uma visita à floresta e os efeitos positivos duraram um mês após cada fim de semana na floresta. Isto deve-se à inalação de vários óleos essenciais, geralmente chamados phytoncide, encontrados na madeira das árvores, (e também em plantas ou mesmo ainda ainda em algumas frutas e legumes), que estas produzem para se protegerem de germes e insetos. O ar da floresta não é apenas mais fresco e melhor. A inalação de phytoncide parece realmente melhorar a função do sistema imunológico.

Quem mora na cidade pode beneficiar dos efeitos das árvores com apenas uma visita ao parque. A breve exposição à vegetação em ambientes urbanos pode aliviar os níveis de stress e os especialistas recomendaram “doses de natureza” como parte do tratamento de distúrbios de atenção em crianças.

Não é preciso muita exposição à natureza, mas o contacto regular parece melhorar a nossa função do sistema imunológico e o nosso bem-estar.

One Comment

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Assinado acordo de cooperação Antártica entre a Brasil e a Argentina

Assinado acordo de cooperação Antártica entre a Brasil e a Argentina

Foi assinado, em Buenos Aires, o “Acordo de Cooperação Antártica” entre o Brasil e a Argentina com o propósito de…
Brasil: Lula quer financiar expansão de gasoduto na Argentina

Brasil: Lula quer financiar expansão de gasoduto na Argentina

Durante encontro oficial com o presidente argentino Alberto Fernández, em Buenos Aires, no dia 23, o presidente do Brasil, Luís…
Angola: Censo Geral da População conta com 30 mil milhões do OGE 2023

Angola: Censo Geral da População conta com 30 mil milhões do OGE 2023

O Governo angolano disponibilizou cerca de 30 mil milhões de kwanzas no Orçamento Geral do Estado (OGE) de 2023 para…
Cabo Verde corrige alteração ao Código Penal

Cabo Verde corrige alteração ao Código Penal

O Presidente cabo-verdiano, José Maria Neves, promulgou, após o veto inicial, uma alteração ao Código Penal proposta pelo Governo. O…