Vida

Reintegração familiar para crianças-soldado no Sudão do Sul em risco

A UNICEF alertou para o facto dos programas de apoio a crianças libertadas de forças armadas e grupos no Sudão do Sul estarem em risco e poderem ser suspensos já no próximo mês se não forem angariados fundos.

900 crianças já estão prontas para serem libertadas, mas sem novos fundos a UNICEF não vai poder continuar a apoiar estas crianças durante a transição para a vida civil.

Desde 2015 que a UNICEF tem vindo a apoiar a libertação e a reintegração de 3677 crianças que foram usadas por forças armadas e grupos armados no Sudão do Sul. Os programas de reintegração têm uma duração de três anos, custam US $ 2.000 por criança (cerca de €1830), e garantem apoio psicossocial, uma assistente social dedicada, a localização e a reintegração familiar, serviços de educação e outros serviços fundamentais para ajudar as crianças a reconstruirem as suas vidas.

A libertação de crianças, sem o apoio devido, pode ter repercussões de longo prazo e provocar um efeito desestabilizador nas comunidades.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo