Ciência | Tecnologia | Vida

SpaceX vai envolver a Terra com uma constelação de satélites para fornecer internet de alta velocidade

SpaceX, a companhia aerospacial fundada por Elon Musk, anunciou um acordo com a Comissão Federal de Comunicações noite-amerciana (FCC) que prevê o lançamento de qualquer coisa como 4 425 satélites com o objetivo de envolver o planeta com uma nova rede de cobertura de internet de alta velocidade.

O acordo foi assinado no dia 15 de novembro e é considerado algo absolutamente inusitado uma vez que actualmente, de acordo com a base de dados compilada pela União dos Cientistas Comprometidos, existem apenas 1 419 satélites a orbitar a Terra, além de outros 2,600 satélites inoperacionais que flutuam livremente pelo espaço.

Deste modo, o plano da SpaceX prevê nada menos nada mais do que colocar no espaço uma quantidade de satélites superior ao total de todos os satélites enviados para o espaço até aos dias e hoje. Acresce que alguns destes satélites pesam várias toneladas e são do tamanho de um autocarro e orbitam a partir de um ponto fixo a cerca de 35 000 kms sobre a Terra.

Para obviar a estes constrangimentos, os satélites da constelação SpaceX pesará 386 kg e será do tamanho de um MINI Cooper e orbitarão a uma distância não superior a 1 275 km.

A nova rede de satélites, cujo custo associado ascende a mais de 10 mil milhões de dólares, promete vir a revolucionar o tráfego e os serviços de internet em todo o planeta, com velocidades 200 vezes superiores às dos tradicionais cabos de fibra ótica.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo