Teatro D. Maria: 25 de Abril de 1974

No ano e no mês em que se assinalam 50 anos do 25 de Abril, a companhia mala voadora estreia 25 de Abril de 1974, um espetáculo que estará em cena a 26 e 27 de abril, no MAAT Central, em Lisboa, no âmbito do ciclo Abril Abriu, do Teatro Nacional D. Maria II.

No filme The Girl Chewing Gum, John Smith sobrepõe, a imagens captadas numa rua de Londres, uma voz que parece dar instruções para o que acontece. A movimentação da rua parece ser pré-determinada pelo artista. A obra de John Smith é o contrário das falsas Histórias e das fake news: se estas tentam que uma ficção passe por realidade, o filme tenta que a realidade passe por ficção.

25 de Abril de 1974 recria esta experiência de Smith a partir de imagens do 25 de Abril de 1974, como se a revolução fosse a encenação de um artista. Para além de dar a conhecer os factos que garantiram a instauração de um regime democrático em Portugal, evidencia os mecanismos de construção ficcional e, designadamente, de construção de realidades manipuladas.

José Neves é o ator que dá voz e corpo a esta narração de imagens do 25 de Abril de 1974, num espetáculo com direção e texto de Jorge Andrade e cenografia e figurinos de José Capela. O projeto conta ainda com consultoria de Joaquim Furtado, diretor-coordenador de informação e programação da RTP durante vários anos, autor de séries documentais e o locutor que, na madrugada do dia 25 de abril de 1974, leu o primeiro comunicado do Movimento das Forças Armadas, no Rádio Clube Português.

Depois da estreia em Lisboa, 25 de Abril de 1974 integra o projeto Próxima Cena, uma iniciativa do Teatro Nacional D. Maria II e da Fundação “la Caixa”, em colaboração com o BPI, que pretende promover a universalização do acesso à cultura e o desenvolvimento e valorização de públicos, em territórios de baixa densidade populacional. No âmbito deste projeto, o espetáculo será apresentado em Borba, Campo Maior, Sever do Vouga, Fundão, Carrazeda de Ansiães e Idanha-a-Nova, entre outubro e dezembro deste ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Brasil: A Fundação AIS está solidária com as vítimas das trágicas inundações

Brasil: A Fundação AIS está solidária com as vítimas das trágicas inundações

A organização internacional católica Ajuda à Igreja que Sofre (Fundação AIS) está em estreito contacto com os seus parceiros locais…
Macau: Cidades do interior da China emitem vistos para Região

Macau: Cidades do interior da China emitem vistos para Região

A partir desta semana, mais oito cidades do interior da China passam a emitir vistos individuais para Macau e Hong…
Portugal deveria reconhecer “ter abusivamente alienado o território de Cabinda”

Portugal deveria reconhecer “ter abusivamente alienado o território de Cabinda”

Dois dias antes da comemoração dos 50 anos da Revolução do 25 de Abril, o Presidente português, Marcelo Rebelo de…
Universidade de Coimbra avalia impacto ambiental do ciclo de vida de diferentes tecnologias de motores elétricos

Universidade de Coimbra avalia impacto ambiental do ciclo de vida de diferentes tecnologias de motores elétricos

Um grupo de investigadores da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) está a avaliar o impacto…