Airbus apresentou três modelos de aviões movidos a hidrogénio

Airbus apresentou, na passada segunda-feira, três modelos de aviões movidos a hidrogénio, e espera colocar ao serviço uma aeronave comercial de emissão zero em 2035.

O setor aeronáutico está a tentar avançar rapidamente rumo à “descarbonização” do transporte aéreo. “Esperamos desempenhar um papel de liderança na transição mais importante que a nossa indústria verá”, afirma em comunicado Guillaume Faury, presidente executivo da Airbus, grupo que deseja “tornar-se líder na descarbonização da indústria aeronáutica”.

A fabricante europeia estuda três conceitos de aeronaves com  motor de hidrogénio que não emite poluentes, já que produz apenas vapor de água.

O primeiro modelo é um turborreator “de configuração clássica”, segundo explica Guillaume Faury com capacidade para 120 a 200 passageiros – o equivalente a um A220 ou um A320 – e uma autonomia de mais de 3.500 km. Será movido por uma turbina de gás com hidrogénio, armazenado em tanques localizados na parte traseira da fuselagem.

O segundo conceito é um avião de alcance regional turboélice (de hélice) que pode levar até 100 passageiros a uma distância de 1.800 km. O terceiro conceito é uma asa voadora com uma capacidade e autonomia semelhantes ao conceito do turborreator.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: CNE exige tolerância política em campanha eleitoral

Moçambique: CNE exige tolerância política em campanha eleitoral

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) de Moçambique exigiu tolerância entre os partidos políticos para evitar violência durante a campanha…
Angola fortalece cooperação agropecuária com o Botsuana

Angola fortalece cooperação agropecuária com o Botsuana

Angola e Botsuana vão rubricar nos próximos dias um Memorando de Entendimento no domínio da agricultura e pecuária. A decisão…
Cabo Verde: Membro do Estado defende união entre países contra crimes financeiros

Cabo Verde: Membro do Estado defende união entre países contra crimes financeiros

A secretária de Estado do Fomento Empresarial de Cabo Verde, Adalgiza Vaz, sugeriu que as autoridades financeiras de diferentes países…
BAD estima baixo crescimento do PIB para Timor-Leste

BAD estima baixo crescimento do PIB para Timor-Leste

O Banco Asiático de Desenvolvimento (BAD) reviu em baixa as previsões do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de Timor-Leste…