Tecnologia

Arábia Saudita é o primeiro país a conceder cidadania a um robot

A Arábia Saudita tornou-se o primeiro país do mundo a reconhecer cidadania a um robot. A robot Sophia é conhecida pela inteligência fora do comum e capacidade de expressar emoções em conversas que parecem reais.

A apresentação, no evento Future Investment Initiative, feito em Riad, capital da Arábia Saudita, contou com a presença de Sophia que falou sobre autómatos, tecnologias de inteligência artificial, suas vantagens e riscos, numa entrevista a Andrew Ross Sorkin.

“É histórico ser o primeiro robot do mundo a quem é reconhecida a cidadania”, disse Sophia, uma criação da empresa de Hong Kong Hanson Robotics, na sua primeira aparição pública dizendo que se sentia “muito honrada e orgulhosa por esta distinção única”.

Questionada sobre a possibilidade de destruir os humanos, Sophia ironizou com o entrevistador dizendo que “tem lido muito Elon Musk e assistido a filmes de Hollywood demais”.

Nas redes sociais, a robot foi criticada por não estar a utilizar o habitual lenço e a abaya (manto tradicional) que costumam vestir as mulheres sauditas, gerando ondas de contestação por alegada diferença de tratamento.

Na terça-feira, o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, anunciou a construção de Neom, uma nova cidade na região norte do país, onde se espera que deva albergar mais robots do que humanos.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo