Ciência | Tecnologia

Especialista em clima pede que China e Japão acabem com financiamento a usinas a carvão em países mais pobres

poluição; fumo; fábrica; energia

Países ricos como China e Japão têm de parar de financiar usinas a carvão em países mais pobres para contribuirem para a luta contra as alterações climáticas, de acordo com Rachel Kyte, que já foi representante especial do secretário-geral das Nações Unidas e CEO da “Energia Sustentável para Todos”.

Kyte, que agora é reitora da Fletcher School da Tufts University, diz que “o carvão não tem lugar na corrida para reduzir as emissões de carbono até 2050”.“Precisamos que os países que têm carvão iniciem as suas próprias transições de energia. E precisamos parar de financiar carvão em países, especialmente países de baixo rendimento”.

Os comentários de Kyte foram feitos depois do presidente da Coréia do Sul, Moon Jae-in, dizer que o país suspenderia todos os novos financiamentos de usinas de carvão no exterior.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo