Google Maps mostra agora o número de novos casos de Covid-19 por região

A mais recente novidade da aplicação Google Maps é apresentar uma nova camada de informação sobre as regiões, onde podemos ficar a conhecer o número de novos casos de Covid-19 registados na área.

A informação fica arrumada numa layer que pode ser acionada pelo utilizador, o que significa que não a verá por defeito. Esta layer mostrar-lhe-á a média de casos dos últimos sete dias por cada 100 mil pessoas, bem como uma pequena nota sobre se o ritmo de infeção está a aumentar ou a diminuir.

A informação que consta desta funcionalidade é retirada de várias fontes, como a Universidade John Hopkins, o jornal New York Times e a Wikipedia que, por sua vez, obtém os seus dados da Organização Mundial de Saúde, governos e hospitais locais.

Esta nova camada vai estar disponível no Maps, para utilizadores de todos os países, e começará a chegar à app, tanto Android como iOS, durante esta semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

As negociações entre a Ucrânia e a Rússia foram adiadas para esta quinta-feira, 03 de março.  A delegação ucraniana está…
Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

O primeiro-ministro português, António Costa, manifestou publicamente ao Presidente da Roménia, Klaus Iohannis, a sua gratidão pelo apoio prestado na…
Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

O Procurador-geral da República (PGR) pediu aos magistrados para estarem atentos às pessoas que procuram vias fáceis para enriquecer, às…
Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos moçambicanos da oposição, condenam a invasão da Rússia à Ucrânia. Ambos criticam o “silêncio”…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin