Governo holandês apoia “primeiro” projeto offshore de hidrogénio verde em plataforma de petróleo

A empresa Neptune Energy vai concretizar o projeto PosHYdon – que visa a integração de energia eólica offshore, gás offshore e hidrogénio offshore no Mar do Norte holandês – na sua plataforma petrolífera Q13a-A.

Os planos para o que é considerado o primeiro projeto piloto offshore de hidrogénio verde numa plataforma de petróleo em funcionamento estão a avançar depois de receber subsídio do governo holandês .

A projeto irá converter a água do mar em água desmineralizada e, em seguida, em hidrogénio verde por eletrólise, que será misturado ao gás natural e transportado para a costa através de um gasoduto já existente.

O subsídio de 3,6 milhões de euros foi concedido pela Netherlands Enterprise Agency (RVO) e marca a formação do novo consórcio PosHYdon, composto pela Neptune Energy e parceiros com experiência em energia eólica offshore , produção de eletricidade verde e transporte de hidrogénio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin