Herdeiro da Samsung condenado a dois anos e meio de prisão por corrupção

O vice-presidente e herdeiro da Samsung, Jay Y Lee, foi condenado a dois anos e meio de prisão por corrupção e suborno. A decisão do julgamento foi divulgada ontem, dia 18 de janeiro, e é resultado da última instância em relação ao caso.

De acordo com o julgamento, Jay Y Lee participou ativamente num caso de corrupção que envolveu o governo da Coreia do Sul e que resultou na demissão da presidente do país, Park Geun-hye.

Na prática, o executivo da gigante tecnológica fez pagamentos a uma pessoa próxima da presidente em troca da facilitação de uma fusão entre afiliadas da Samsung.

Jay Y Lee foi inicialmente preso e julgado em 2017, mas cumpriu apenas um ano dos cinco após uma redução da pena. No entanto, o Supremo Tribunal da Coreia do Sul reabriu o caso, em agosto de 2019, de que resultou este novo julgamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais…
Comunidade ucraniana em Portugal angaria bens para enviar à Ucrânia

Comunidade ucraniana em Portugal angaria bens para enviar à Ucrânia

A comunidade ucraniana de Vila Real, a Norte de Portugal, está a angariar medicamentos, comida enlatada e com muita validade,…
Presidente da Ucrânia apela a soldados russos para saírem do país

Presidente da Ucrânia apela a soldados russos para saírem do país

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, apelou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, aos soldados russos para que deponham as armas e…
Revista de Imprensa Lusófona de 28 de fevereiro de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 28 de fevereiro de 2022

A “Agência Brasil” refere que “Brasileiros que saíram de Kiev chegam à Roménia”. Já “O Globo” tem em manchete o…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin