Investigador holandês adivinha a password da conta de Twitter de Trump

Um investigador de segurança digital da Holanda alega que conseguiu aceder à conta do Twitter pertencente ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

A palavra passe utilizada foi “maga2020” – expressão que significará “Make America Great Again 2020” em referência ao slogan de campanha de Donald Trump para as eleições presidenciais.

De acordo com o investigador, Victor Gevers, o palpite para a descoberta da password foi baseado apenas naquilo que conhece do actual presidente dos Estados Unidos da América.

Para comprovar o acesso, Victor Gevers tirou algumas capturas de tela, mas não chegou a alterar o perfil. O investigador alertou a unidade da Agência de Segurança, Cibersegurança e Infraestrutura (CISA) sobre a falha de segurança e notou que a senha foi trocada logo depois.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

As negociações entre a Ucrânia e a Rússia foram adiadas para esta quinta-feira, 03 de março.  A delegação ucraniana está…
Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

O primeiro-ministro português, António Costa, manifestou publicamente ao Presidente da Roménia, Klaus Iohannis, a sua gratidão pelo apoio prestado na…
Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

O Procurador-geral da República (PGR) pediu aos magistrados para estarem atentos às pessoas que procuram vias fáceis para enriquecer, às…
Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos moçambicanos da oposição, condenam a invasão da Rússia à Ucrânia. Ambos criticam o “silêncio”…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin