Europa | Tecnologia

Mercado do hidrogénio vai ganhar mais cinco usinas em Itália e na região do Mediterrâneo

Uma parceria entre as empresas italianas Saipem e Alboran espera desenvolver cinco usinas de produção de hidrogénio em Itália e na região do Mediterrâneo.

Os projetos foram revelados na semana passada, 4 de março, como parte de um memorando de entendimento entre as empresas, onde referem que irão desenvolver três usinas em Itália, uma em Marrocos e uma quinta na Albânia, cada uma das quais produzirá hidrogénio através de eletrólise.

Além das usinas, o acordo também propõe o desenvolvimento e a criação de um centro de hidrogénio verde em Puglia, Itália. Em particular, a Saipem estará envolvida na engenharia, aquisição e construção das usinas, e a Alboran Hydrogen coordenará os aspectos tecnológicos do projeto.

Simone Pratesi, Presidente da Alboran Hydrogen, referiu sobre o memorando que: “O acordo com a Saipem vai permitir-nos desenvolver o potencial do modelo de projecto proposto para a Apúlia, com o objectivo de o exportar para o mundo. Estamos orgulhosos por nos concentrarmos na produção de hidrogénio verde e notamos com satisfação que as políticas nacionais e europeias estão a mover-se na direção que tomamos.”

Maurizio Coratella, da Saipem, acrescentou: “O acordo com a Alboran Hydrogen consolida a posição da Saipem como líder na transição energética e descarbonização e é um passo importante para o futuro desenvolvimento do hidrogénio verde na Itália e no Mediterrâneo, uma tecnologia que, nas próximas décadas, representará o novo horizonte da evolução energética. ”

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo