Novo identificador biométrico? Imagens 3D das veias dos dedos

A autenticação biométrica, que usa recursos anatómicos exclusivos, como impressões digitais ou características faciais, está cada vez mais a substituir as senhas e métodos de identificação tradicionais.

Uma nova abordagem, liderada por investigadores da University at Buffalo (UB), está a desenvolver um método que usa imagens 3D das veias dos dedos para aumentar a segurança deste tipo de autenticação.

“O método de autenticação biométrica 3D da veia do dedo que desenvolvemos permite níveis de especificidade e anti-spoofing que não eram possíveis antes”, refere o líder do estudo, Jun Xia. “Uma vez que duas pessoas não têm exatamente o mesmo padrão de veias 3D, fingir esta autenticação biométrica exigiria a criação de uma réplica 3D exata das veias dos dedos de uma pessoa, o que basicamente não é possível.”

Esta abordagem representa a primeira vez que a tomografia fotoacústica é usada para autenticação biométrica 3D. Testes do método mostraram que pode aceitar ou rejeitar corretamente uma identidade 99% das vezes.

“Imaginamos que esta técnica possa ser usada em instalações críticas, como bancos e bases militares, que exigem um alto nível de segurança”, explica Milione, investigador da UB. “Com mais miniaturização, a autenticação 3D das veias também pode ser usada em aparelhos eletrónicos pessoais ou combinada com impressões digitais 2D para autenticação de dois fatores”.

Os investigadores estão agora a trabalhar para tornar o sistema menos complexo e reduzir o tempo de imagem para menos de um segundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

STP: MLSTP acredita na vitória nas eleições

STP: MLSTP acredita na vitória nas eleições

O Presidente do Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe/Partido Social Democrata (MLSTP/PSD) Jorge Bom Jesus, acredita numa “vitória”…
STP: Acabou a campanha para as eleições do próximo dia 25

STP: Acabou a campanha para as eleições do próximo dia 25

Terminou esta sexta-feira em São Tomé e Príncipe, a campanha eleitoral para as eleições legislativas, autárquicas e regionais marcada para…
Angola: Remessas dos portugueses no país sobem 37,5%

Angola: Remessas dos portugueses no país sobem 37,5%

As remessas da diáspora portuguesa em Angola aumentaram 37,5% em julho, o que significa 41,3 milhões de euros. Estes são…
Cabo Verde: Dívida pública atingiu 152,5% do PIB

Cabo Verde: Dívida pública atingiu 152,5% do PIB

O Ministério das Finanças de Cabo Verde indica que o ‘stock’ da dívida pública aumentou, até julho, 152,5% do Produto Interno…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin