Novo identificador biométrico? Imagens 3D das veias dos dedos

mão

A autenticação biométrica, que usa recursos anatómicos exclusivos, como impressões digitais ou características faciais, está cada vez mais a substituir as senhas e métodos de identificação tradicionais.

Uma nova abordagem, liderada por investigadores da University at Buffalo (UB), está a desenvolver um método que usa imagens 3D das veias dos dedos para aumentar a segurança deste tipo de autenticação.

“O método de autenticação biométrica 3D da veia do dedo que desenvolvemos permite níveis de especificidade e anti-spoofing que não eram possíveis antes”, refere o líder do estudo, Jun Xia. “Uma vez que duas pessoas não têm exatamente o mesmo padrão de veias 3D, fingir esta autenticação biométrica exigiria a criação de uma réplica 3D exata das veias dos dedos de uma pessoa, o que basicamente não é possível.”

Esta abordagem representa a primeira vez que a tomografia fotoacústica é usada para autenticação biométrica 3D. Testes do método mostraram que pode aceitar ou rejeitar corretamente uma identidade 99% das vezes.

“Imaginamos que esta técnica possa ser usada em instalações críticas, como bancos e bases militares, que exigem um alto nível de segurança”, explica Milione, investigador da UB. “Com mais miniaturização, a autenticação 3D das veias também pode ser usada em aparelhos eletrónicos pessoais ou combinada com impressões digitais 2D para autenticação de dois fatores”.

Os investigadores estão agora a trabalhar para tornar o sistema menos complexo e reduzir o tempo de imagem para menos de um segundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Tanzânia quer apostar no ensino profissional para reduzir desemprego e aumentar o crescimento económico

Tanzânia quer apostar no ensino profissional para reduzir desemprego e aumentar o crescimento económico

Com objectivo de diminuir lacunas de habilidades e promover o crescimento económico, a Tanzânia pretende construir, nos próximos anos e…
Acompanhar os que vivem nos lugares mais remotos dos Andes é um desafio no Peru

Acompanhar os que vivem nos lugares mais remotos dos Andes é um desafio no Peru

Na Diocese de Tacna e Moquegua, que cobre uma vasta área na região do Altiplano, entre os Andes e o…
Cabo Verde: Júlio Correia solicita desfiliação do PAICV

Cabo Verde: Júlio Correia solicita desfiliação do PAICV

O militante de longa data do Partido Africano da Independência de Cabo Verde, PAICV, Júlio Correia, solicitou a sua imediata…
Namíbia: Governo e UNICEF vão promover acesso gratuito à internet nas escolas

Namíbia: Governo e UNICEF vão promover acesso gratuito à internet nas escolas

Duas mil e duas escolas estão mapeadas para beneficiar do Projecto Giga do Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF)…