Portal da Queixa lança guia para consumidores fazerem compras em segurança

Para ajudar os portugueses a fazerem compras seguras nesta Black Friday, e no âmbito da campanha #nãosejaspato, o Portal da Queixa lançou um guia para todos os consumidores, onde reúne as principais e mais atualizadas dicas de boas práticas de consumo. Estima-se que, nesta Black Friday, 40%dos portugueses faça as suas compras online.

As restrições impostas pelo contexto pandémico fizeram disparar as compras online e fazem da Black Friday 2020 a mais digital de sempre. No âmbito deste movimento social de educação para o consumo digital seguro e de alerta para os perigos online, o Portal da Queixa desenvolveu com as entidades parceiras, um guia de compras online – disponível em www.naosejaspato.pt.

 

GUIA DE COMPRAS EM SEGURANÇA:

1. O ACESSO À INTERNET

Para aceder a lojas online, seja através do computador ou do telemóvel, é essencial ter em atenção se estamos conectados a uma rede fidedigna. Portanto, tenha maior cuidado com pontos de acesso públicos à Internet.

2. DISTINGUIR UM SITE FIDEDIGNO DE UM FALSO

O ideal será sempre optar por lojas online de reconhecida idoneidade, contudo mesmo optando pela marca mais conhecida, não somos alheios ao engano. É fundamental ter em atenção às variações nos nomes dos URL (endereço do site), muitas vezes há trocas acidentais de letras nos nomes das lojas para enganar os visitantes, ao escrevem mal os nomes das lojas.

3. PESQUISE SEMPRE ANTES DE COMPRAR

A pesquisa é hoje em dia, a maior arma ao alcance dos consumidores para evitarem ser enganados. Além de gratuita, serve para eliminar potenciais burlas, através da partilha de experiências de outros consumidores e pode ser efetuada tanto pelos motores de pesquisa como o Google.

4. LEIA SEMPRE COM ATENÇÃO OS TERMOS E CONDIÇÕES DE VENDA

Antes de avançarmos para o carrinho de compras, é essencial estar atentos às políticas de devolução praticadas pela Loja Online de forma a evitar surpresas quer com o processo logístico quer com a restituição dos valores pagos.

5. O MAIS IMPORTANTE: O PAGAMENTO

Utilizar um método de pagamento seguro, rápido e de fácil identificação é essencial para reduzir o risco de tornar a compra num pesadelo. A transferência bancária continua a ser a forma mais segura de fazer um pagamento mas existem outras opções muito seguras e mais confortáveis como por exemplo, pagamento por referência multibanco, Paypal, MB WAY ou a contraentrega.

6. O DIA DE RECEBER A SUA ENCOMENDA!

Ao receber a sua encomenda certifique-se sempre que a embalagem não foi violada ou danificada.

7. PARTILHE A SUA EXPERIÊNCIA COM OUTROS CONSUMIDORES

A partilha é fundamental para aumentar o conhecimento e a segurança junto de outros consumidores que irão certamente procurar por experiências como a sua, antes de decidirem comprar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Renamo comenta "invenção da Frelimo" sobre Junta Militar

Moçambique: Renamo comenta "invenção da Frelimo" sobre Junta Militar

O secretário-geral da Renamo, André Mangibire, afirmou à “STV” que duvida da existência de um novo líder da Junta Militar…
Timor-Leste: Candidatos presidenciais assinam pacto da unidade nacional

Timor-Leste: Candidatos presidenciais assinam pacto da unidade nacional

A maioria dos candidatos presidenciais assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pacto da unidade nacional. O objetivo é assegurar a…
Cabo Verde: Brava anuncia formação gratuita em Marketing Digital

Cabo Verde: Brava anuncia formação gratuita em Marketing Digital

Já estão abertas as inscrições para uma formação gratuita em Marketing Digital na ilha da Brava, avança “A Nação”. Esta…
Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin