“Primeiro aço livre de fósseis do mundo” produzido na Suécia e entregue à Volvo

A empresa sueca SSAB anunciou que “produziu o primeiro aço livre de fósseis do mundo” e começou a entregá-lo ao Grupo Volvo, o seu primeiro cliente.

A notícia representa o mais recente desenvolvimento para o projeto Hybrit, que foi criado em 2016 e é propriedade da SSAB, empresa de energia Vattenfall e LKAB, um grupo de mineração e minerais. Tanto a Vattenfall quanto a LKAB são propriedade do estado sueco. A ideia subjacente ao Hybrit é usar “hidrogénio 100% livre de fósseis” em vez de carvão na produção de aço.

No anúncio da passada quarta-feira, a SSAB referiu que a entrega do material é “um passo importante para a construção de uma cadeia de valor totalmente livre de fósseis para a produção de ferro e aço”.

No futuro, o objetivo é desenvolver a tecnologia para que ela possa ser montada em escala industrial. Espera-se que isso aconteça já em 2026.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin