Quebrado o recorde de velocidade de internet

Uma equipa da University College London (UCL)  liderada por Lidia Galdino, em colaboração com as empresas Xtera e KDDI Research, quebrou o recorde de velocidade de internet através de cabo ótico ao atingir os 178 Tbit/s.

Essa velocidade é 20% superior à do recorde anterior (150 Tbit / s) realizado por uma equipa de investigadores japoneses. Além da façanha, o método usado é especialmente concebível em grande escala para aumentar o rendimento da rede atual. Na verdade, não requer substituição ou adição de novos cabos, uma vez que se destina a repetidores.

Quanto mais longe um sinal viaja mais a sua qualidade e velocidade se deterioram. Para superar esse problema, as infraestruturas atuais usam repetidores. Como o próprio nome sugere, esses aparelhos espalhados em intervalos de 40 a 100 km têm a função de replicar o sinal.

Em vez de apenas repetir o sinal, a equipe de Lidia Galdino amplifica-o. Para fazer isso, ele combina diferentes tecnologias de amplificação existentes para modificar a fase e a polarização dos comprimentos de onda. Resultado: a largura de banda atinge 16,8 THz (terahertz) e, portanto, permite a passagem de mais dados.

Atualmente, a velocidade máxima de conexão à Internet disponível comercialmente no mundo é de 10 Gb / s, oferecido por alguns fornecedores no Japão, Estados Unidos e Nova Zelândia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique depende menos de energia importada

Moçambique depende menos de energia importada

Moçambique é um dos maiores produtores de energia elétrica da África Austral, através da Hidroeléctrica de Cahora Bassa. No entanto, até 2016 continuava a…
Cabo Verde: Dívida interna sofre aumento de quase 14%

Cabo Verde: Dívida interna sofre aumento de quase 14%

A dívida interna de Cabo Verde subiu 13,8% desde o início de 2021. Esta percentagem representa 95.949 milhões de escudos, de acordo com o mais recente…
Angola e Áustria assinalam 40 anos de cooperação

Angola e Áustria assinalam 40 anos de cooperação

Angola e Áustria celebraram em Viena, capital austríaca, o 40º aniversário do estabelecimento das relações diplomáticas entre ambos os países. O evento contou com a…
Investigadores desenvolvem técnica inovadora que alivia a dor sem efeitos colaterais

Investigadores desenvolvem técnica inovadora que alivia a dor sem efeitos colaterais

Investigadores desenvolveram um método de estimulação completamente novo, usando microeletrodos ultrafinos, para combater a dor intensa. Esta técnica proporciona um…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin