Startup brasileira cria cadeira de rodas conduzida por expressões faciais

A startup brasileira Hoo.Box apresentou a semana passada uma cadeira de rodas inovadora no Campus Party 2017 em São Paulo. O movimento da cadeira de rodas é controlado com expressões faciais, através de um software – designado de “Wheelie”- que é capaz de identificar as expressões e transformá-las em impulsos elétricos que guiam a cadeira de rodas.

O projeto é ainda um protótipo e recebeu apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (a FAPESP). O software “Wheelie” pode ser adaptado a qualquer cadeira de rodas e cada kit custa quase 3000 euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola mantém aposta na diplomacia económica

Angola mantém aposta na diplomacia económica

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, reiterou a aposta do Governo na promoção da diplomacia económica. O…
Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

A Investigadora Principal do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES-UC), Ana Cristina Santos, acaba de ganhar um…
Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, propõe a criação de um Fundo de Desenvolvimento Local e…
Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

O chefe da missão de observação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às eleições presidenciais em Timor-Leste, o…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin