Startup portuguesa cria óculos para gravar cirurgias e armazenar informação

A startup do Porto SurgeonMate, criou uns óculos que permitem gravar as cirurgias de forma não intrusiva e armazenar os dados multimédia numa biblioteca pessoal, podendo ser depois utilizados para a formação dos cirurgiões.

A grande diferença destes óculos para os “smart glasses”, que já existem, é o seu design, ergonomia e tecnologia. Os óculos são ajustados através de um comando de voz e através de um foco de luz o cirurgião consegue perceber que área está a filmar. Esta câmara permite transmitir a cirurgia em tempo real para outros monitores.

Os novos óculos são também uma ferramenta que promove a aprendizagem e a partilha de informação entre os especialistas. A SurgeonMate foi apresentada no Pitch Day, evento organizado pelo Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC), no início de fevereiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola mantém aposta na diplomacia económica

Angola mantém aposta na diplomacia económica

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, reiterou a aposta do Governo na promoção da diplomacia económica. O…
Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

A Investigadora Principal do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES-UC), Ana Cristina Santos, acaba de ganhar um…
Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, propõe a criação de um Fundo de Desenvolvimento Local e…
Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

O chefe da missão de observação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às eleições presidenciais em Timor-Leste, o…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin