Tecnologia

Urgeiriça vai testar robô na sua mina de urânio

Investigadores de doze instituições europeias desenvolveram um robô para explorar minas subterrâneas inundadas, que vai ser testado na próxima 5ª feira, 04 de Abril, a partir das 11 horas da manhã, na antiga mina de urânio da Urgeiriça , em Nelas, Viseu.

Este robô faz parte de uma plataforma autónoma criada para investigar e mapear minas subterrâneas, cujo desenvolvimento foi realizado no âmbito do projeto europeu UNEXMIN, financiado pelo programa Horizonte 2020 da União Europeia, que reúne doze organizações de sete países, entre os quais Portugal. O Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC) e a Empresa de Desenvolvimento Mineiro (EDM) são os parceiros deste projeto em Portugal.

A tecnologia UNEXMIN representa uma nova era para a prospeção mineira já que os robôs operam de forma autónoma. Designados por UX-1, foram testados com sucesso em 2018, na Finlândia e na Eslovénia, conseguindo mapear as áreas inundadas das minas.

Tal como nas minas da Finlândia e da Eslovénia, o UX-1 vai ser testado na antiga mina de urânio da Urgeiriça, visando investigar e mapear as galerias e túneis inundados e obter dados que visam enriquecer a conhecimento geológico da região e, ao mesmo tempo, comprovar o funcionamento da plataforma numa mina de características diferentes.

O desenvolvimento da plataforma UNEXMIN permitirá abrir novos cenários para a prospeção de minerais essenciais para o desenvolvimento da indústria. A plataforma UNEXMIN contribuirá para decisões sobre a reabertura de minas outrora encerradas devido ao custo de exploração da altura face à quantidade de minério existente. A tecnologia disponível nos dias de hoje poderá permitir a baixo custo a reabertura de algumas destas minas. Com UNEXMIN cria-se a oportunidade estratégica de reabertura de minas inundadas na Europa, muitas das quais ainda com teor de matérias-primas minerais criticas significativo, que podem ser exploradas beneficiando a economia portuguesa e Europeia.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo