Volkswagen quer tornar-se totalmente elétrica na Europa em 2035

O chefe de vendas da Volkswagen, Klaus Zellmer, disse ao jornal alemão  Muenchner Merkur, que os carros da marca só irão utilizar energia elétrica já em 2035 na Europa. O responsável acrescentou que o fim do motor de combustão interna nos EUA e na China virá “um pouco mais tarde”.

A gigante automóvel já tinha referido em comunicado: “Faremos que a nossa frota e toda a empresa sejam neutras em carbono até 2050, no máximo. A meta é que 70% de todos os carros Volkswagen novos na Europa sejam totalmente elétricos até 2030. Isso significa que a Volkswagen provavelmente produzirá os últimos veículos com motores de combustão interna para o mercado europeu entre 2033 e 2035. “

No comunicado lê-se ainda que “Espera-se que a saída ocorra um pouco mais tarde noutras partes do mundo, devido ao ritmo diferente de transformação e à contínua falta de clareza em alguns casos no que diz respeito ao ambiente político e de infraestrutura”.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Angola diz que guerra na Ucrânia causa aumento do preço da comida

Angola diz que guerra na Ucrânia causa aumento do preço da comida

O Governo angolano admitiu nesta segunda-feira, 28 de novembro, que os impactos da crise global, principalmente a guerra na Ucrânia,…
Portugal vai reforçar contributo para conjunto de apoios da NATO à Ucrânia

Portugal vai reforçar contributo para conjunto de apoios da NATO à Ucrânia

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, João Gomes Cravinho, anunciou nesta terça-feira, 29 de novembro, que o país vai…
Guiné-Bissau: Partido da Renovação Social insiste que a CNE tem de ser regularizada

Guiné-Bissau: Partido da Renovação Social insiste que a CNE tem de ser regularizada

A caducidade da Comissão Nacional de Eleições (CNE) continua a ser o assunto de debate entre o Presidente da República…
Brasil:  Brasileiros já são os maiores investidores no mercado imobiliário de Portugal, com € 30 bilhões 

Brasil:  Brasileiros já são os maiores investidores no mercado imobiliário de Portugal, com € 30 bilhões 

A revista Forbes revelou que os brasileiros já são a maior comunidade de investidores estrangeiros em Portugal, com 30 bilhões…