África Subsaariana | Tecnologia | Vida

Ugandês desenvolve tecnologia para detetar pneumonia

O engenheiro ugandense Brian Turyabagye desenvolveu um aparelho que deteta a pneumonia, 4 vezes mais rápido que com o diagnóstico convencional.

Deu-lhe o nome de “Mamaope” (mother’s hope). Com a forma de um “casaco” biomédico, dispõe de um estetoscópio que permite identificar os sintomas de pneumonia de uma forma mais rápida e exata, pois, em África, muitas vezes o diagnóstico é confundido com o da malária, dado que os sintomas iniciais são muito semelhantes.

Esta espécie de colete está ligado a uma aplicação num telemóvel para onde são enviados todos os dados do diagnóstico. Ao identificar a doença corretamente, e de forma precoce, é possível salvar vidas e diminuir o número de mortes.

No Uganda, morrem todos os anos 27.000 crianças com menos de 5 anos vítimas de pneumonia. Segundo a Associação Pediátrica do Uganda, menos de 20% das crianças tem acesso a antibióticos para tratar a pneumonia.

Brian Turyabagye e a sua invenção integram a lista dos Royal Academy of Engineering 2017 para o Prémio Africano de Inovação de Engenharia.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo