Sandra Raphael, gestora ganha destaque nos mercados brasileiro, europeu e africano

A administradora de empresas Sandra Raphael é vista hoje como “um exemplo da força feminina”. Esta profissional foi a responsável por abrir novos mercados educacionais em Luanda, Angola e Brasil. Antes de desbravar esses novos territórios, Sandra já trabalhava nesse mesmo ramo em Portugal.

Em 2009, quando exercia a função de diretora de novos negócios no Nova Fórum – Escola de Negócios da Faculdade de Economia da Universidade NOVA de Lisboa, em Portugal, Sandra passou a viajar para Angola, onde organizava cursos fechados para empresas e ministérios. Durante todo o ano, fez essas deslocações, no entanto, os diretores da escola de negócios da universidade perceberam a necessidade de abrirem um pólo fixo em Angola e confiaram à Sandra esta tarefa.

“Em 2010, fui para Luanda e fixei residência. Tinha a incumbência de fazer a instalação da Angola Business School (ABS). Fui a responsável por abrir o mercado educacional, administrei toda a parte burocrática e logística para que tudo funcionasse”, contou Sandra. O objetivo com a abertura do novo polo em Angola era levar capacitação para os quadros executivos angolanos.

“Neste período, organizamos vários cursos de pós-graduação lato sensu, cursos in-company, universidades corporativas e cursos abertos. O trabalho era feito da mesma forma que era realizado em Lisboa, já que eu era a pessoa responsável por toda essa parte operacional dos programas em Portugal, por isso, levamos para Angola o mesmo conceito e rigor educacional”, afirmou esta gestora.

Segundo apurámos, a sua gestão à frente da ABS foi marcada por “expressivo crescimento e notoriedade”. Após o primeiro ano de atividades em Angola, e com a conclusão dos primeiros cursos, a instituição realizou uma grande cerimónia para a entrega dos certificados aos alunos. O evento reuniu grandes lideranças, como o embaixador de Portugal em Angola, além de empresários e vários políticos locais.

Ao finalizar cerca de três anos de atividades em Angola, Sandra foi convidada para trabalhar um novo mercado. A ideia agora era abrir uma escola de negócios no Brasil, país no qual ela já não vivia há mais de 25 anos.

“Apesar de ser o meu país, encarei como um grande desafio, pois já sabia das dificuldades em relação à burocracias, logística e conquista de mercado, mas, mesmo assim, aceitei e fui para o Brasil, onde permaneci como responsável pela escola de negócios por cerca de um ano”, revelou.

Após estas experiências, Sandra manteve residência fixa no Brasil e decidiu enveredar por uma carreira solo, iniciando por consultorias e treinamentos nas áreas dos soft skills e gestão multicultural. De seguida, buscou nova qualificação e conquistou a certificação em Master Coach pela The International Association of Coaching e SLAC Sociedade Latino Americana de Coaching.

“Considero a minha vivência singular, acrescentando à minha bagagem conhecimentos de enorme valor. Toda a minha experiência multicultural, a prática da gestão geral, o desenvolvimento de áreas comerciais, o desenho de programas de cursos e treinamentos customizados a partir do entendimento das necessidades dos clientes corporativos, enfim, compõem a lista de ferramentas que utilizo nas intervenções que faço. A possibilidade que tive de experimentar e aplicar os conhecimentos adquiridos em 29 países, ao longo desses 25 anos, é fator relevante para a melhor leitura dos contextos empresariais e pessoais com os quais me deparo atualmente e que muito contribui para o sucesso dos meus clientes”, detalhou Sandra.

Atualmente, esta gestora é Master Coach, atende empresas na prática do Business Coaching, atuando para o desenvolvimento dos quadros de alta gestão, liderança e equipas.

Ígor Lopes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Rússia e Bielorrússia vão "responder ao fortalecimento militar" da NATO

Rússia e Bielorrússia vão "responder ao fortalecimento militar" da NATO

A Rússia e a Bielorrússia anunciaram que vão dar uma resposta firme e concertada ao fortalecimento das forças da NATO…
Afeganistão: ONU condena explosões em escolas de Cabul

Afeganistão: ONU condena explosões em escolas de Cabul

A Organização das Nações Unidas (ONU) condenou nesta quarta-feira, 20 de abril, as explosões ocorridas em duas escolas em Cabul,…
Moçambique: 300 raparigas de Nampula beneficiam do programa "Toda rapariga é capaz"

Moçambique: 300 raparigas de Nampula beneficiam do programa "Toda rapariga é capaz"

Com o objetivo de melhorar acções que reflectem a igualdade de género, promoção de direitos dos adolescentes e jovens e…
Revista de Imprensa Lusófona de 21 de abril de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 21 de abril de 2022

O portal do Governo de Moçambique escreve que o “Presidente da República recebe homólogo do Malawi”. Segundo a “Folha de…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin