Sandra Raphael, gestora ganha destaque nos mercados brasileiro, europeu e africano

A administradora de empresas Sandra Raphael é vista hoje como “um exemplo da força feminina”. Esta profissional foi a responsável por abrir novos mercados educacionais em Luanda, Angola e Brasil. Antes de desbravar esses novos territórios, Sandra já trabalhava nesse mesmo ramo em Portugal.

Em 2009, quando exercia a função de diretora de novos negócios no Nova Fórum – Escola de Negócios da Faculdade de Economia da Universidade NOVA de Lisboa, em Portugal, Sandra passou a viajar para Angola, onde organizava cursos fechados para empresas e ministérios. Durante todo o ano, fez essas deslocações, no entanto, os diretores da escola de negócios da universidade perceberam a necessidade de abrirem um pólo fixo em Angola e confiaram à Sandra esta tarefa.

“Em 2010, fui para Luanda e fixei residência. Tinha a incumbência de fazer a instalação da Angola Business School (ABS). Fui a responsável por abrir o mercado educacional, administrei toda a parte burocrática e logística para que tudo funcionasse”, contou Sandra. O objetivo com a abertura do novo polo em Angola era levar capacitação para os quadros executivos angolanos.

“Neste período, organizamos vários cursos de pós-graduação lato sensu, cursos in-company, universidades corporativas e cursos abertos. O trabalho era feito da mesma forma que era realizado em Lisboa, já que eu era a pessoa responsável por toda essa parte operacional dos programas em Portugal, por isso, levamos para Angola o mesmo conceito e rigor educacional”, afirmou esta gestora.

Segundo apurámos, a sua gestão à frente da ABS foi marcada por “expressivo crescimento e notoriedade”. Após o primeiro ano de atividades em Angola, e com a conclusão dos primeiros cursos, a instituição realizou uma grande cerimónia para a entrega dos certificados aos alunos. O evento reuniu grandes lideranças, como o embaixador de Portugal em Angola, além de empresários e vários políticos locais.

Ao finalizar cerca de três anos de atividades em Angola, Sandra foi convidada para trabalhar um novo mercado. A ideia agora era abrir uma escola de negócios no Brasil, país no qual ela já não vivia há mais de 25 anos.

“Apesar de ser o meu país, encarei como um grande desafio, pois já sabia das dificuldades em relação à burocracias, logística e conquista de mercado, mas, mesmo assim, aceitei e fui para o Brasil, onde permaneci como responsável pela escola de negócios por cerca de um ano”, revelou.

Após estas experiências, Sandra manteve residência fixa no Brasil e decidiu enveredar por uma carreira solo, iniciando por consultorias e treinamentos nas áreas dos soft skills e gestão multicultural. De seguida, buscou nova qualificação e conquistou a certificação em Master Coach pela The International Association of Coaching e SLAC Sociedade Latino Americana de Coaching.

“Considero a minha vivência singular, acrescentando à minha bagagem conhecimentos de enorme valor. Toda a minha experiência multicultural, a prática da gestão geral, o desenvolvimento de áreas comerciais, o desenho de programas de cursos e treinamentos customizados a partir do entendimento das necessidades dos clientes corporativos, enfim, compõem a lista de ferramentas que utilizo nas intervenções que faço. A possibilidade que tive de experimentar e aplicar os conhecimentos adquiridos em 29 países, ao longo desses 25 anos, é fator relevante para a melhor leitura dos contextos empresariais e pessoais com os quais me deparo atualmente e que muito contribui para o sucesso dos meus clientes”, detalhou Sandra.

Atualmente, esta gestora é Master Coach, atende empresas na prática do Business Coaching, atuando para o desenvolvimento dos quadros de alta gestão, liderança e equipas.

Ígor Lopes

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Angola: FNLA fala de planos para 2023

Angola: FNLA fala de planos para 2023

O líder da Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA), Nimi a Nsimbi, comentou as atividades relevantes para este ano de…
Moçambique: PRM dá nota positiva ao balanço da quadra festiva

Moçambique: PRM dá nota positiva ao balanço da quadra festiva

Decorreu ontem, 05 de janeiro, em Maputo, a reunião de balanço da quadra festiva, à qual os representantes da Polícia…
Como criar boas palavras-chave

Como criar boas palavras-chave

Todos os dias utilizamos passwords para acesso aos mais variados serviços ou aplicações. Uma password, senha, palavra-chave ou passe serve…
Investigador da Universidade de Coimbra descobre fóssil de nova espécie de conífera

Investigador da Universidade de Coimbra descobre fóssil de nova espécie de conífera

Um investigador do Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade…