Economia | Especial COVID-19

Perspetiva de produção das vacinas Covid-19 traz o preço do barril para perto de 50 dólares

Na quarta-feira, o Brent subiu acima de 49 dólares, o seu nível mais alto em oito meses, apesar da forte contração da economia global que está a afetar a indústria do petróleo. Esse crescimento pode ser explicado pelo otimismo em torno das vacinas Covid-19, que estarão disponíveis em breve.

Em 25 de novembro, o preço do ouro negro subiu acima da marca de 49 dólares por barril. Este é um nível nunca visto desde a queda dos preços no início de março deste ano. O Brent subiu 2,44%, para 49,03 dólares por barril, enquanto o WTI subiu 2,56%, para negociação a 46,06 dólares por barril.

Essa alta nos preços do petróleo pode ser explicada, entre outras coisas, pelos avanços na iminente implementação de uma vacina eficaz contra a Covid-19 e pela manutenção das cotas de redução da oferta observadas pela organização dos países exportadores de petróleo (OPEP) e seus aliados. Além disso, as estatísticas sobre as reservas de petróleo bruto dos EUA são animadoras e devem ajudar a melhorar ainda mais os preços por barril.

Recorde-se que, desde o início do ano, um bom número de empresas de análise do setor petrolífero como a Energy Aspects, a Rystad Energy e o banco de investimento americano Goldman Sachs têm dado diferentes opiniões sobre a situação atual. Para a maior parte, o mundo ainda será extremamente dependente do petróleo, e a procura e os preços aumentarão.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo