Angola: 11 partidos legalmente habilitados para as eleições gerais

Fonte do Tribunal Constitucional de Angola avançou que são 11 os partidos que estão habilitados, até ao momento, a concorrer nas eleições gerais. Recorde-se que o sufrágio é previsto para agosto, encontrando-se as atenções focadas principalmente nos rivais João Lourenço (MPLA) e Adalberto Costa Júnior (UNITA). 

Segundo o diretor do Gabinete dos Partidos Políticos do referido tribunal, Mauro Alexandre, a lista das 11 formações políticas inclui o MPLA, a UNITA, a FNLA, o BD, o PRS, o PDP-ANA, o PADDA-AP, o PALMA, o PPA, o PNSA e o PDA. 

O representante do Tribunal Constitucional acrescentou, em declarações dadas à Rádio Nacional de Angola, que o órgão judicial tem dez pedidos de comissões instaladoras de partidos políticos. Mauro Alexandre lembrou a necessidade do cumprimento dos requisitos exigidos na lei para a inscrição como formação política. 

Um desses requisitos é ter 7.500 assinaturas, devendo haver, no mínimo, 150 assinaturas em cada província do país. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Guiné Equatorial entra hoje oficialmente no Fórum Macau

Guiné Equatorial entra hoje oficialmente no Fórum Macau

A Guiné Equatorial adere oficialmente ao Fórum Macau neste domingo, 10 de abril. O país africano torna-se assim no décimo…
Timor-Leste: MESCC já executou 34% do OGE de 2022

Timor-Leste: MESCC já executou 34% do OGE de 2022

O Ministério do Ensino Superior, Ciência e Cultura (MESCC) executou 34% do Orçamento Geral do Estado (OGE) de 2022. A…
Cabo Verde: UCID defende aumento do salário mínimo e menos IVA

Cabo Verde: UCID defende aumento do salário mínimo e menos IVA

A UCID tem proposto o aumento do salário mínimo e das pensões sociais, além da redução do IVA. O objetivo…
Moçambique: Inflação pode chegar a 6,61% no fim do ano

Moçambique: Inflação pode chegar a 6,61% no fim do ano

O Banco de Moçambique divulga que a inflação pode atingir 6,61% no final de 2022. Foi a esta conclusão que…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin