Angola | Ásia

Angola aborda novos setores de cooperação com China

Angola e China escolheram novas áreas de cooperação, tendo os interesses recaído na agricultura e na pesca. As negociações foram feitas pelo Ministério das Relações Exteriores e da Agricultura e Pescas nesta quinta-feira, 28 de janeiro, em Luanda.

Tal decorreu no Fórum de Negócios Angola-China, que serviu para apresentar aos empresários chineses as oportunidades do país para o investimento naquelas áreas.

Segundo a secretária de Estado para as Relações Exteriores, Esmeralda Mendonça, as relações entre ambos os países estão cada vez mais estreitas e com resultados visíveis em diversos domínios. 

“Desde o estabelecimento do Fórum de Cooperação China-África, em outubro de 2000, as relações de cooperação sino-africanas têm testemunhado ganhos significativos em todos os domínios, com particular realce nas áreas político-diplomático, económico e cultural”, disse na sessão de abertura do evento.

A mesma fonte lembrou que a China é, atualmente, a maior economia do continente asiático e, consequentemente, a segunda maior no mundo, fazendo das suas potencialidades industriais, agrícolas e tecnológicas, adicionadas à capacidade dos recursos humanos, um dos maiores parceiros estratégicos do continente africano.

Por sua vez, o embaixador da China em Angola, Gong Tao, observou que era positivo o fórum de negócios. Este, além de angolanos, contou com a presença de empresários chineses que trabalham nos setores da Agricultura e das Pescas

“Tivemos uma grande presença de empresários que vieram de diferentes províncias e associações da China”, referiu, salientando igualmente a participação de instituições financeiras chinesas que trabalham na área de importação e de exportação de produtos alimentares.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo