Angola | Cultura

Angola: Abre hoje em Luanda bienal de artistas da comunidade de língua portuguesa

A IX Bienal de jovens criadores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) abre esta quarta-feira na capital angolana com o compromisso de partilhar o multi-culturalismo e a riqueza linguística.

O Museu das Forças Armadas, na antiga fortaleza de San Miguel, sediará o evento até domingo, no qual se reunirão cerca de 200 expositores que mostrarão talentos em música, dança, teatro, pintura e outras manifestações.

Segundo o porta-voz da Bienal e presidente do Conselho Nacional da Juventude, Kikas Machado, esta reunião que se realiza pela segunda vez em Luanda, reforçará a abordagem social e cultural dos anfitriões com o Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor Leste e Guiné Equatorial.

Segundo Machado, o objetivo é criar uma ponte de unidade, porque as exposições de arte destas comunidades também tiram proveito destes jovens para mostrar as suas tendências, participar em reuniões de escritores lusófonos e apresentações de filmes.

A inauguração da Bienal está marcada para as 17:00, hora local, embora antes se realizará a décima segunda conferência de ministros da juventude e do desporto dos países de língua portuguesa.

Ana Paula Neto, Ministra da Juventude e Desportos de Angola, afirmou na ontem, terça-feira, que o programa tem uma exposição de graffiti que terá lugar amanhã e sexta-feira na Avenida 21 de Janeiro, que circunda a Baía de Luanda e faz fronteira com o local da reunião.

Os organizadores esperam uma média de 400 visitantes por dia. Tais eventos têm sido realizados desde 1998 (Praia, Cabo Verde), após terem sido aprovados numa conferência de ministros dois anos antes, em 1996, em Lisboa, Portugal.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo