Angola

Angola acusada de manter pobreza, desemprego e desigualdade

A Organização Não-Governamental (ONG) Amigos de Angola analisou o Orçamento Geral do Estado para 2021. A conclusão a que chegou foi que se tratava de um documento negativo para o país.

Isto porque, do ponto de vista da organização, o documento vai manter a pobreza, o desemprego e as desigualdades existentes no território angolano.

Os Amigos de Angola consideram que o maior desafio do Governo será a diminuição do impacto da crise económica, agravada pela Covid-19.

Foi ainda lembrado pela mesma fonte que a economia do país não cresceu desde 2016, tendo sido registado um recuo acumulado do Produto Interno Bruto (PIB) de 9%. É necessário diversificar a economia, conclui.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo