Angola

Angola: Administrador de Menongue morre com Covid-19

máscara cirúrgica

O administrador municipal de Menongue, Júlio Vidigal, morreu no domingo, 20 de dezembro. A informação foi avançada através de um comunicado de imprensa, divulgado pelo Governo Provincial do Cuando Cubango.

Já o governador provincial, Júlio Bessa, está em quarentena domiciliar, uma vez que conduziu a reunião da Comissão Executiva do Comité Provincial do Cuando Cubango do MPLA. Júlio Vidigal participou nesse evento, na qualidade de primeiro secretário do partido no poder no município de Menongue.

Apesar do encontro ter decorrido sob o cumprimento das medidas de biossegurança de prevenção à Covid-19, como medição de temperatura, uso de álcool-gel e máscaras faciais e ainda distanciamento físico, os participantes, incluindo Bessa, decidiram cumprir uma quarentena domiciliar de 14 dias.

Júlio Vidigal morreu aos 55 anos no Hospital Geral do Cuando Cubango, depois de ter sentido sintomas como dores de cabeça, dificuldades respiratórias e febres altas.

Numa nota de condolências, o Governo da Província do Cuando Cubango manifestou profunda consternação pela morte de Vidigal, que foi administrador municipal do Rivungo (2012-2018) antes de exercer as mesmas funções em Menongue.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo