Angola: António Venâncio vai concorrer à liderança do MPLA

O engenheiro angolano António Venâncio, membro do MPLA e conhecido ‘influencer’ político nas redes sociais e na comunicação social convencional, apresentou formalmente a pretensão de concorrer à presidência do partido no poder. 

A informação foi avançada pelo próprio através da sua página no Facebook, onde partilhou uma publicação autointitulada “Comunicado”“Aos angolanos no país e no estrangeiro! Comunico-vos, que acabei de formalizar, hoje [quarta-feira, 13 de outubro], junto da Direcção do meu partido, a minha pretensão em candidatar-me ao cargo de Presidente do MPLA”, pode ler-se. 

De acordo com Venâncio, a sua aspiração é fundamentada nos Estatutos da formação política e está alinhada com “o reforço da democracia interna”. O objetivo é prestigiar “imenso o processo democrático angolano, visando o seu fortalecimento, o aceleramento das acções do desenvolvimento do país e a realização do homem angolano”

Os Estatutos do MPLA estipulam que a manifestação de interesse em concorrer à presidência do partido deve ser apresentada à estrutura de base a que pertence o aspirante a candidato. 

Recorde-se que a organização política vai realizar o seu oitavo congresso ordinário entre 09 e 11 de dezembro. O lema será “MPLA – Por uma Angola mais Desenvolvida, Democrática e Inclusiva” e, através desse evento, haverá a eleição do presidente do partido, que será cabeça de lista nas eleições de 2022. O atual líder é o também Presidente da República, João Lourenço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin