Angola

Angola arranca com a venda de 26 mil habitações em projetos do Estado

A empresa de gestão imobiliária Imogestin anunciou quarta-feira em Luanda ter disponível para comercialização em todo o país mais de 26 mil habitações nos diversos projetos do Estado, devendo os interessados apresentar as respetivas candidaturas a partir da última semana de Junho corrente.

Segundo a Imogestin as 26 mil habitações localizadas nas províncias de Luanda, Bengo, Huíla, Benguela e Namibe, e são exclusivamente destinadas a cidadãos de nacionalidade angolana com mais de 18 anos de idade, que não tenham antes arrendado ou comprado casa ao Estado e cujos salários ou rendimentos sejam compatíveis com o preço da tipologia a que se candidatam.

A imobiliária precisa ainda que as habitações a serem vendidas serão destinadas a três grupos de clientes: funcionários públicos; funcionários de grandes Empresas Publicas e Privadas e Pessoas Singulares e Coletivas que não façam parte do primeiro e do segundo grupo.

A Imogestin é uma empresa dedicada à promoção, mediação e gestão de empreendimentos imobiliários, estando envolvida nos projetos habitacionais do Estado por intermédio do Fundo de Ativos para o Desenvolvimento Habitacional (FADEH).

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo