Angola | Cabinda | Europa

Angola: Caioporto perde concessão da construção do Porto Caio, em Cabinda

 Segundo um despacho da Presidência da República de Angola, a empresa Caioporto, detida pelo empresário suíço-angolano, Jean-Claude Bastos de Morais, perdeu a concessão para a construção do Porto Caio, em Cabinda.  

O despacho menciona que a PR designou uma comissão para negociar a cessação do contrato com a empresa de Jean-Claude Bastos de Morais.  

O empresário suíço-angolano está sob investigação no que diz respeito à gestão do Fundo Soberano de Angola (FSDEA), tendo gerido mais de três mil milhões de dólares dos cinco milhões de activos do FSDEA.  

Jean-Claude Morais foi constituído arguido, não podendo deixar Angola, depois de ter sido interrogado pela Direcção Nacional de Investigação e Acção Penal da Procuradoria-Geral da República (PGR) angolana. O empresário suíço-angolano está também sob investigação na Suíça, no seguimento da publicação dos “Paradise Papers”, conforme noticiado pela e-global. 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo