Angola: Candidaturas para liderança da UNITA apresentadas em setembro

Os cidadãos que se quiserem candidatar ao cargo de presidente da UNITA deverão formalizar as suas candidaturas entre os dias 16 e 30 de setembro. O anúncio foi feito por uma fonte da direção do partido esta quarta-feira, 26 de junho, em Luanda, não tendo a mesma confirmado a candidatura de Isaías Samakuva para se manter no cargo de dirigente.

O atual líder da maior formação política da oposição está há 16 anos na liderança, após ter sido eleito nos quatro congressos anteriores. No entanto, Samakuva já anunciou publicamente a intenção de deixar a presidência no próximo congresso.

Recorde-se que o dirigente convocou na terça-feira o XIII Congresso Ordinário da UNITA, que decorrerá entre 13 e 15 de novembro e onde, além da eleição de uma nova direção (presidente e comissão política), deverá ser feita uma revisão aos estatutos, bem como avaliada e redefinida, caso seja necessário, a linha político-ideológica do partido.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: CNE destaca tranquilidade durante recenseamento eleitoral

Moçambique: CNE destaca tranquilidade durante recenseamento eleitoral

O presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE) de Moçambique, Dom Carlos Matsinhe, afirmou que o recenseamento eleitoral tem decorrido…
Cabo Verde: PR promulga cinco diplomas do Governo

Cabo Verde: PR promulga cinco diplomas do Governo

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, promulgou cinco diplomas do Governo na segunda-feira, 15 de abril. …
Timor-Leste: Fretilin congratula-se com visita de Papa Francisco

Timor-Leste: Fretilin congratula-se com visita de Papa Francisco

A Frente Revolucionária de Timor-Leste Independente (Fretilin) congratulou-se nesta quarta-feira, 17 de abril, com a visita do Papa Francisco ao…
Ucrânia: Conselheiro de Zelensky diz que não há negociações em curso com a Rússia

Ucrânia: Conselheiro de Zelensky diz que não há negociações em curso com a Rússia

O conselheiro presidencial ucraniano, Mykhailo Podolyak, informou nesta quarta-feira, 17 de abril, que não há conversações e negociações em curso…