Angola: CASA-CE ultrapassada pela FNLA e pelo PHA

A CASA-CE perdeu os seus assentos parlamentares devido aos maus resultados nas eleições gerais angolanas, realizadas na quarta-feira, 24 de agosto.

A coligação, constituída por cinco forças políticas, ficou sem os 16 deputados conquistados nas eleições de 2017. Conseguiu apenas 46.750 votos (0,75%) no sufrágio de 2022, deixando assim de ser a terceira força política em Angola desde 2012.

O vencedor foi o MPLA (51,07% dos votos), seguindo-se a UNITA (44,05%). A CASA-CE foi ultrapassada pela FNLA e pelo PHA, tendo a FNLA subido de um para dois deputados e o PHA, que participou nas eleições gerais pela primeira vez, obtido dois lugares no Parlamento.

Já o PRS manteve os seus dois assentos parlamentares. A APN (0,48%) e o P-NJANGO (0,42%) não conquistaram nenhum deputado.

Quanto à abstenção, a percentagem atingiu os 54,35 num universo de 14.399.000 eleitores.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Angola: Acidentes de viação são segunda causa de morte do país

Angola: Acidentes de viação são segunda causa de morte do país

A Vice-Presidente de Angola, Esperança da Costa, partilhou a sua surpresa no que diz respeito à existência de um grande número…
Moçambique recebe mais USD 59 milhões do FMI para OE

Moçambique recebe mais USD 59 milhões do FMI para OE

O Fundo Monetário Internacional (FMI) concluiu a primeira avaliação do programa de financiamento de três anos ao Orçamento do Estado…
Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima um crescimento considerável do crédito à economia em 2023 para Moçambique.  Se isso se…
Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

O Governo angolano assegurou nesta quinta-feira, 24 de novembro, que vai entregar a proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE)…