Angola: Chivukuvuku poderá candidatar-se pelo BD às eleições gerais

O político Américo Vaz, candidato à presidência do Bloco Democrático (BD), avançou que Abel Chivukuvuku poderá vir a ser o cabeça de lista às eleições gerais, marcadas para 2022. Tal acontecerá se o Conselho Nacional assim o decidir, explicou. 

Também de acordo com Vaz, o BD não impõe nos seus estatutos que o cabeça de lista seja, necessariamente, o presidente do partido. Quanto à sua candidatura para a liderança do BD, o sufrágio só será feito na VI Convenção, marcada para 28 e 29 de maio. 

É depois desse evento que os novos dirigentes irão decidir “o caminho que o BD deverá seguir”. Até conhecer-se a decisão do Conselho Nacional, a formação política continuará a integrar a coligação CASA-CE. 

Isto porque, se se avançar com a entrada de Chivukuvuku no BD, terá de haver, em princípio, uma desvinculação desta organização política com a CASA-CE, que não aceita o ex-presidente e fundador da coligação de volta. Recorde-se que Abel Chivukuvuku foi afastado do cargo em fevereiro de 2019. 

Além de Américo Vaz, concorrem à presidência do BD os políticos Filomeno Vieira Lopes e João Alfredo Baruba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

O Governo ucraniano afirmou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que morreram 11 pessoas e centenas ficaram feridas durante um ataque russo…
Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

A maioria dos angolanos que viviam em Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia, decidiu abandonar o local no sábado, 26…
Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin