Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

A maioria dos angolanos que viviam em Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia, decidiu abandonar o local no sábado, 26 de fevereiro. O motivo deve-se à escalada do conflito entre a Ucrânia e a Rússia

Esta informação foi mais tarde avançada ao “Jornal de Angola” por Vivaldo Gomes Monteiro Pedro, um dos quatro angolanos que decidiram permanecer na cidade de Kharkiv. Viviam cerca de quarenta angolanos no local. 

Segundo a fonte, Kharkiv continua sob controlo do Governo ucraniano, mas tropas russas chegaram a ocupar parte da cidade, onde ficaram aproximadamente cinco horas. Vivaldo Gomes Monteiro Pedro realçou que “uma das grandes particularidades é que a tropa russa, quando entrou na cidade, não atacou a população”

Quando questionado sobre se não conseguiu evitar a saída dos compatriotas, respondeu: “não tive como evitar, porque o pessoal todo entrou em pânico. A única coisa que tive que fazer foi comunicar à Embaixada de Angola na Polónia, passando todos os contactos dos compatriotas que decidiram sair de Kharkiv”

O cidadão angolano pensa abandonar também a cidade de Kharkiv, mas só quando tiver a certeza de que vai sair com a família em segurança. “Na viagem de comboio tudo pode acontecer”, realçou. 

O jovem está refugiado com a mulher e a filha no subterrâneo de um prédio situado no centro da cidade de Kharkiv. “Só saímos à rua ou para espreitar ou para comprar produtos de higiene e alimentares, quando não temos o suficiente”, disse, acrescentando que a “Ucrânia está preparada para a guerra e ter muitos túneis para situações de emergência”.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

O espetáculo “Nuvem”, de Carlos Manuel Rodrigues, vencedor da 4ª Edição do Prémio Miguel Rovisco – Novos Textos Teatrais, estreia…
Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

O presidente da Câmara Municipal da Praia (CMP), Francisco Carvalho, disse estar “expectante” com a implementação da Polícia Municipal em…
STP: 4 detidos morrem no quartel militar

STP: 4 detidos morrem no quartel militar

Quatro cidadão são-tomense que se encontravam detidos no quartel militar, depois da tentativa de invasão falhada, morreram na passada sexta-feira,…
Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

O Governo japonês investiu mais de 246.900 dólares em ações de desminagem na província do Cuanza Sul, segundo o Embaixador do…