Angola

Angola: Cidadãos fogem para a Namíbia para evitar fome e seca

São vários os cidadãos angolanos que têm entrado de forma ilegal na Namíbia, país vizinho de Angola. O motivo deve-se ao desespero de fugirem à fome e à seca do sul do país de origem, chegando muitos em estado de subnutrição.

A situação está a preocupar as autoridades da Namíbia. A Embaixadora de Angola no país deverá visitar brevemente a região, de maneira a inteirar-se do problema.

Um dos perigos deste caso é o facto de haver a possibilidade dos namibianos retaliarem contra a crescente presença de angolanos, receando a pandemia da Covid-19. A polícia local pediu aos cidadãos do país para denunciarem a presença de angolanos, mas para não os atacarem.

Terão sido deportados cerca de 100 angolanos da Namíbia na semana passada. O risco a que se submetem ao atravessarem ilegalmente a fronteira é feito com o objetivo de encontrarem alimentos, água, assistência médica e emprego.

Alguns angolanos entram na Namíbia com o seu gado para procurarem apenas pasto. No entanto, a região do Cunene tem sido igualmente afetada pela seca.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo