Angola: Cinco bailarinos cabo-verdianos participam na Mostra de Artistas – PROCULTURA

Os bailarinos Mano Preto, Rosy Timas, Elisabete Fernandes, Djamilson Barreto e Djam Neguin estão selecionados para participar no “Concurso para participação na Mostra de Artistas – PROCULTURA”, que se realiza de 03 a 06 de junho, em Luanda, Angola. 

Os cinco artistas cabo-verdianos foram selecionados com peças a solo para a mostra que fomenta a Mobilidade de Artistas dos PALOP e Timor-Leste. As criações a propor deverão ter como principal objetivo refletir os ganhos obtidos pelos participantes nas residências artísticas realizadas no âmbito do apoio do PROCULTURA, em termos de crescimento e sedimentação do pensamento e do criativo, nas áreas em causa, sejam elas o teatro, dança ou a música.

Mano Preto vai participar com a peça “Nha Fado meu destino”, Rosy Timas com a peça “Sacrilidade”, Djam Neguin “Naná”, Elisabete Fernandes “Memórias”, Djamilson e Barreto “Isolamento”.

O PROCULTURA conta com a parceria e cofinanciamento da Fundação Calouste Gulbenkian, União Europeia e do Camões, I.P. Esta é a quarta edição do concurso.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Macau: Região vai receber cinco modalidades dos Jogos Nacionais da China em 2025

Macau: Região vai receber cinco modalidades dos Jogos Nacionais da China em 2025

A comissão organizadora da 15ª edição dos Jogos Nacionais anunciou que a Região Administrativa Especial de Macau vai acolher as…
Moçambique: MDM continua sem data para realizar o Conselho Nacional

Moçambique: MDM continua sem data para realizar o Conselho Nacional

O Movimento Democrático de Moçambique (MDM) ainda não marcou uma data para realizar o Conselho Nacional. No entanto, o partido…
Universidades vão ter “semestre zero” para alunos dos PALOP

Universidades vão ter “semestre zero” para alunos dos PALOP

O estudo “Perfil do Estudante dos PALOP nas Instituições do Ensino Superior em Portugal: caracterização, expectativas, constrangimentos”, realizado pelo Centro…
Angola poupa 15 milhões de euros ao reduzir contratos de professores estrangeiros

Angola poupa 15 milhões de euros ao reduzir contratos de professores estrangeiros

O Ministério do Ensino Superior de Angola informou que o Governo vai poupar, em 2024, cerca de 15 milhões de…