Angola: CNE admite mais de 100 mil membros para mesas de voto

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola está a conduzir um processo de admissão de mais de 100 mil membros para integrarem as mesas das assembleias de voto nas eleições gerais, agendadas para 24 de agosto.

A informação foi avançada à imprensa angolana nesta quinta-feira, 30 de junho, pelo porta-voz da CNE, Lucas Quilundo. “Depois da aprovação do Manual [dos Membros  das Mesas das Assembleias de Voto pelo plenário da CNE], segue-se o recrutamento e seleção dos membros das mesas e, posteriormente, a sua submissão a um processo de formação, com base no instrumento ora aprovado e demais legislação”, disse, citado pelo “Jornal de Angola”.

Quando questionado acerca do número exato de agentes de mesa, Quilundo referiu que irá depender da conclusão do processo de mapeamento das assembleias de voto. A Lei determina que isso aconteça até 45 dias antes do dia de votação, lembrou.

Sobre o processo de recrutamento, encerrado na quarta-feira, o representante da CNE disse que a seleção e admissão dos membros foram efetuadas com critérios abertos e uma participação universal.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: Orlando Dias apresenta Nova Carta Política para unir o MpD e a Nação

Cabo Verde: Orlando Dias apresenta Nova Carta Política para unir o MpD e a Nação

O candidato à presidência do MpD, Orlando Dias, iniciou 2023 com a apresentação de uma Nova Carta Política para unir…
Angola: UNITA promete mudanças na Lunda Norte

Angola: UNITA promete mudanças na Lunda Norte

O novo secretário provincial da UNITA na Lunda Norte, Francisco Cacoma, prometeu na terça-feira, 03 de janeiro, que vai adotar…
Moçambique: Presidente de Quelimane promete pagar 13º mês de 2022

Moçambique: Presidente de Quelimane promete pagar 13º mês de 2022

O Presidente do Município da Cidade de Quelimane, na Província da Zambézia, Manuel de Araújo, prometeu, na tarde de 4…
Timor-Leste: PIB não-petrolífero subiu 3,9% em 2022

Timor-Leste: PIB não-petrolífero subiu 3,9% em 2022

O Produto Interno Bruto (PIB) não-petrolífero de Timor-Leste cresceu 3,9% em 2022, de acordo com os dados provisórios do Ministério das Finanças. …