Angola: Costa Júnior quer acalmar ânimos no caso Isabel dos Santos

A empresária angolana Isabel dos Santos, o pai José Eduardo dos Santos e o atual Presidente de Angola, João Lourenço, continuam envoltos em polémicas que denotam o mal-estar existente entre a família dos Santos e o chefe de Estado. 

Agora, o presidente da UNITA, Adalberto da Costa Júnior, surge como o promotor do diálogo. Quando questionado sobre a situação de Isabel dos Santos, disse que era necessário “olhar para o futuro”, tendo realçado que todos “os atores nacionais devem ser chamados”. 

“Devíamos procurar estes cidadãos angolanos e encontrar, através do diálogo, formas de resolver os problemas, atrair o retorno de capitais e a possibilidade de iniciativa de investimentos externos. E, sem dúvida, por via da transparência absoluta, encontrar respostas de caráter geral a este problema [da corrupção]. Não particularizo Isabel dos Santos. Tenho uma leitura abrangente para todos os assuntos através desta esfera”, defendeu. 

Segundo o dirigente do maior partido da oposição no país, se a UNITA estivesse no poder, o caso Isabel dos Santos seria tratado de maneira diferente, privilegiando-se a aproximação em detrimento do antagonismo.  

Recorde-se que a empresária afirmou recentemente que os ataques de que foi alvo “foram impulsionados não só por motivos políticos e financeiros, mas também como forma de distrair a opinião pública da corrupção e do suborno que assola o governo de João Lourenço, incluindo altos funcionários e a petrolífera estatal Sonangol”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

O Governo ucraniano afirmou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que morreram 11 pessoas e centenas ficaram feridas durante um ataque russo…
Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

A maioria dos angolanos que viviam em Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia, decidiu abandonar o local no sábado, 26…
Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin